“O QUE MAIS AMAMOS EM NOSSO TRABALHO É FAZER PARTE DAS EXPERIÊNCIAS MAIS FELIZES DAS PESSOAS”

Nossas passeios de um dia ou de meio-dia de duração, permitirão que você viva uma incrível aventura de mountain bike pela Amazônia. Para quem procura uma saída relaxada e prazeirosa, ou excursões incríveis por trilhas de mata fechada, lindas estradas margeando o Rio Tapajós, lagos e a floresta, temos esse passeio de bike para te oferecer!

Nossos guias levarão você às melhores trilhas e caminhos pouco transitados, sempre pedalando no seu ritmo, e te dando o apoio que precisa, assim assegurando um dia divertido e seguro. Nossos passeios começam quando buscamos você no hotel ou pousada de manhã. Caso não esteja com a sua bike e nem os equipamentos, nós oferecemos uma mountain bike adequada para o passeio, capacete, e garrafinha dágua, além da equipe necessária para fazer esta excursão. Faremos uma prova da bicicleta e uma explicação detalhada da saída, incluindo instrução de nosso guia sobre o uso e técnicas de mountain bike. Depois de uma agradável pedalada, o nosso guia escolherá o lugar ideal para relaxar e contemplar o visual e a natureza. Pela tarde, levaremos você ao hotel em nosso veículo, depois de ter vivenciado esta autêntica experiência Amazônica.
Casa americana - Belterra
Casa americana - Belterra

press to zoom
Belterra
Belterra

press to zoom
Restaurante Caranazal nossa última parada
Restaurante Caranazal nossa última parada

press to zoom
Casa americana - Belterra
Casa americana - Belterra

press to zoom
1/7

BELTERRA

Belterra é um pedaço da história ainda preservada do Brasil e da Amazônia, fica bem pertinho de Alter, apenas 20km. A cidade pensada e construída pela Ford Motor Company de Henry Ford na década de 30, mantém casas e itens de sua construção. Um passeio de bike pela história em uma cidade estilo americana em plena Amazônia.

 

Pelo caminho: Vamos de carro até Belterra onde iniciaremos o pedal. Na volta grande parte do percurso é de chão batido, com areia em alguns trechos e 7km de asfalto pela ciclovia até Alter. De dezembro a julho existe a possibilidade de chuva, por isso pode haver barro pela estrada.

• Distância: 24 km (+ou-) - OBS. a distância pode ser reduzida, consultea Muriki.
• Tempo estimado do passeio: 5h (+ou-). Turista pouco experiente e não sedentário.

• Ganho de elevação do percurso: 280m

ARAMANAI

A praia de Aramanaí também é um destino maravilhoso, o passeio até lá margeia o Rio Tapajós e pelo caminho passamos por duas comunidades ribeirinhas chamadas Porto Novo e Cajutuba. O percurso a partir de Pindobal até a praia de Aramanai é repleto de Igarapés onde podemos nos refrescar.
 

Pelo caminho: O percurso é todo de chão batido, com alguns trechos de areia. De dezembro a julho existe a possibilidade de chuva e por isso pode haver barro pela estrada. São poucas as subidas.

• Distância: 22 km (+ou-) - OBS. a distância pode ser reduzida, consultea Muriki.
• Tempo estimado do passeio: 5h (+ou-). Turista pouco experiente e não sedentário.

• Ganho de elevação do percurso: 120 m

Igarapé interpraias - Aramanaí
Igarapé interpraias - Aramanaí

press to zoom
Igarapé da praia de Aramanaí
Igarapé da praia de Aramanaí

press to zoom
Interpraias - Aramanaí
Interpraias - Aramanaí

press to zoom
Igarapé interpraias - Aramanaí
Igarapé interpraias - Aramanaí

press to zoom
1/8
Um dos acessos a praia de Pindobal
Um dos acessos a praia de Pindobal

press to zoom
Pindobal
Pindobal

press to zoom
Pindobal
Pindobal

press to zoom
Um dos acessos a praia de Pindobal
Um dos acessos a praia de Pindobal

press to zoom
1/8

PINDOBAL

Pindobal é uma das praias mais bonitas da região, lugar tranquilo, de areias brancas, barraquinhas na beira d’água, porções e peixes bem servidos e beleza exuberante. Passaremos por igarapés, trechos de floresta e uma ponta de praia muito bonita.


Pelo caminho - Pouco asfalto, grande parte do percurso é de chão batido, tem areia em alguns trechos. Dezembro a junho existe a possibilidade de chuva e por isso pode haver barro pela estrada. São poucas as subidas e a mais alta tem 79 m e as subidas não passam de 10% de inclinação.

• Distância ida e volta: 25,20 km (+ou-) - OBS. a distância pode ser reduzida.
• Tempo estimado do passeio: 5h (+ou-). Turista pouco experiente e não sedentário.

• Ganho de elevação do percurso: 382 m

CASA DO SAULO

O anfitrião Chef Saulo fez de sua moradia um dos restaurantes mais premiados da Amazônia. O lugar fica no meio da mata e tem uma vista panorâmica privilegiada do Rio Tapajós. Uma ótima opção de pedal que une cicloturismo e gastronomia regional.

Pelo caminho – Serão 20 km de asfalto (ciclovia) e o restante do percurso é de chão batido com pouca areia nos trechos. De dezembro a julho existe a possibilidade de chuva e por isso pode haver barro em alguns trechos. O percurso pelo asfalto concentram as poucas subidas do percurso.

• Distância: 28 km (+ou-) OBS. a distância pode ser reduzida, consulte a Muriki.
• Tempo estimado do passeio: 5h (+ou-). Turista pouco experiente e não sedentário.

• Ganho de elevação do percurso: 270 m

Acesso a Casa do Saulo
Acesso a Casa do Saulo

press to zoom
Restaurante Casa do Saulo
Restaurante Casa do Saulo

press to zoom
Cardápio Casa do Saulo
Cardápio Casa do Saulo

press to zoom
Acesso a Casa do Saulo
Acesso a Casa do Saulo

press to zoom
1/7
Ilha do Amor - Caminho para Ponta de Pedras
Ilha do Amor - Caminho para Ponta de Pedras

press to zoom
Ponta de Pedras
Ponta de Pedras

press to zoom
Ilha do Amor - Alter do Chão para a onta de Pedras
Ilha do Amor - Alter do Chão para a onta de Pedras

press to zoom
Ilha do Amor - Caminho para Ponta de Pedras
Ilha do Amor - Caminho para Ponta de Pedras

press to zoom
1/8

PONTA DE PEDRAS

O passeio se inicia com a travessia das bikes de Alter para a Ilha do Amor, caminhando ou de canoa (catraia), dependendo da época do ano. Seguimos por estradas de chão batido até chegar no ramal que dá acesso a praia de Ponta de Pedras. De lá visitamos o Lago Tapari e o Lago Preto, contemplamos a vista e retornamos com o carro de apoio ou pedalando até Alter.

Pelo caminho – O percurso é de chão batido e tem areia em alguns trechos. Em nenhum momento teremos asfalto pelo percurso. De dezembro a julho existe a possibilidade de chuva, por isso pode deixar a areia mais firme e pode haver barro em alguns trechos.

Opção 1 - Distância16 km pedalando e retorno de lancha*, ou carro de apoio; Opção 2 - Distância 27 km pedalando ida e volta.

• Ganho de elevação do percurso: 281 m ida e volta

Santarém - PONTE VELHA

O passeio se inicia do seu hotel ou pousada em Santarém, cruza a cidade em direção aos ramais e vamos pegar o acesso a trilha da Ponte Velha. Essa é uma das trilhas mais bonitas da região com caminhos pela mata fechada repleta de igarapés e lindas paisagens. É uma região montanhosa por onde passaremos por comunidades e plantações de Cupuaçú (fruta local), chegaremos ao mirante do Umarizal que tem uma vista privilegiada da floresta. Em mais alguns kms, terminamos o passeio já pelo asfalto da BR 163.

Pelo caminho: Serão 13km de asfalto (parte pela ciclovia) até o acesso ao ramal. O restante do percurso é de chão batido com pouca areia nos trechos.

• Distância: 35 km (+ou-) OBS. a distância pode ser reduzida, consulte a Muriki.
• Tempo estimado do passeio: 4h (+ou-). Turista pouco experiente e não sedentário.

• Ganho de elevação do percurso: 398 m

Trilha Cupu - Ponte Velha - Santarém
Trilha Cupu - Ponte Velha - Santarém

press to zoom
Mirante Urumarizal - Trilha Ponte Velho
Mirante Urumarizal - Trilha Ponte Velho

press to zoom
Trilha Cupu - Ponte Velha - Santarém
Trilha Cupu - Ponte Velha - Santarém

press to zoom
Trilha Cupu - Ponte Velha - Santarém
Trilha Cupu - Ponte Velha - Santarém

press to zoom
1/6
Igarapé - Floresta Nacional
Igarapé - Floresta Nacional

press to zoom
Trekking Floresta
Trekking Floresta

press to zoom
Passeio FLONA - Almoço na ponta do Maguary
Passeio FLONA - Almoço na ponta do Maguary

press to zoom
Igarapé - Floresta Nacional
Igarapé - Floresta Nacional

press to zoom
1/6

FLORESTA E IGARAPÉS

Permita-se essa experiência incrível onde poderá pedalar 13km por estradas de terra rodeadas de muito verde, e depois caminhar mais 10km pelas lindas trilhas no interior da floresta amazônica, e toda essa aventura tendo o suporte e apoio da Muriki.

Será a oportunidade de conhecer de perto algumas comunidades ribeirinhas do Rio Tapajós, os seus projetos de uso sustentável da floresta, e poderá comprar os produtos advindos desses projetos. Terá contato com a gastronomia das comunidades, com a história da floresta contada por um guia local, e poderá contemplar toda a biodiversidade amazônica em quanto caminha pela floresta! Um verdadeiro banquete para os seus sentidos!

O que está incluso no passeio:

Transporte até o local; Carro de apoio pedal; Guia com a bike; Café da manhã na comunidade; Água, refrigerante e suco; Guloseimas energêticas; Trekking com guia local da floresta;  Passeios entre as comunidades; Café da tarde e apresentação do projeto de extrativismo de óleos na comunidade; Seguro passeio de aventura; Locação da Bike.

• Distância de pedal: 10 km / Distância de trekking: 11 km
• Tempo estimado do passeio: 10h (+ou-). Turista pouco experiente e não sedentário. Mínimo de 2 turistas para a realização desse passeio.